BlogEcar Despachante

Transportando Bikes e Pranchas sem multas!


por: Ecar Despachante

Olá, tudo bem?

O verão chegou e o transporte de bicicletas e pranchas ficam mais intensos pelas rodovias, mas você sabia que existem regras para transportá-las? As normas para a condução de carga são estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e regulamentadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Transporte

Bicicletas – As bicicletas podem ser levadas em bagageiros traseiros ou de teto, desde que estejam completamente fixas. A bike não deve exceder a largura máxima do veículo nem tampar a placa e as luzes do carro, inclusive a terceira luz do freio. Outra forma de transportar uma bicicleta é levá-la em pé no teto, desde que presa no trilho.

Neste caso, a altura da bicicleta (na vertical, a partir do teto do carro) não pode ultrapassar a largura do veículo (na horizontal, de um retrovisor ao outro) e o motorista precisa ficar atento ao entrar em locais com altura limitada, como estacionamentos cobertos ou subterrâneo e túneis, evitando assim possíveis acidentes.

Pranchas – As pranchas de surfe devem ser levadas no teto, presas a racks fixos. Assim como as demais cargas, elas não podem ultrapassar os limites frontais e laterais do veículo e nem impedir, mesmo que parcialmente, a visibilidade do motorista. A regra vale também para todos os tipos de pranchas, como de stand up paddle.

Multa 

A penalidade para quem descumprir qualquer uma das regras de transporte pesa no bolso. Trata-se de infração grave com multa de R$ 195,23, cinco pontos na Carteira de Habilitação e retenção do veículo até que a situação seja regularizada. Se a bicicleta ou prancha se soltar e arrastar no asfalto a infração se torna gravíssima, com multa de R$ 293,47, mais sete pontos na CNH.

Fique atento a essas regras e tenha boas férias!!

Fonte. Detran/PR


Postado Por

Ecar Despachante
Fale Conosco pelo WhatsApp